Dicionário de Seguros

Voltar
A+
A-

Confira os termos mais utilizados

TABELA DE COMUTAÇÃO

Tabela que resulta da conjugação dos elementos de uma tábua de mortalidade com os valores atuais da unidade de capital, a uma dada taxa de juros. Serve, principalmente, para abreviar os cálculos dos prêmios de Seguro Vida. V. tb. Seguro Vida.

TABELA DE PRAZO CURTO

É aplicada, principalmente, para calcular o prêmio de seguros com duração inferior a 1 (um) ano, em que a exposição ao risco é presumivelmente maior, embora também se aplique a restituições, em caso de cancelamento do seguro.

TÁBUA

Conjunto de números metodicamente ordenados, facilitando a leitura das informações. 1. BIOMÉTRICA – Instrumento que mede a expectativa de vida humana, as probabilidades de morte de uma idade predeterminada a outra também predeterminada, bem como a probabilidade de sobr...

TARIFA

Relação das taxas correspondentes a cada classe de risco. É de acordo com a taxa constante da tarifa que o segurador calcula o prêmio relativo ao seguro que lhe é proposto. Prêmio padrão de seguro estabelecido para uma determinada classe de risco. 1. PRIVATIVA - Excl...

TARIFAÇÃO

Avaliação do risco de pessoa física ou jurídica. Procedimento de cálculo do prêmio de forma a que ele seja adequado: suficiente para pagar sinistros de acordo com a frequência esperada, salvaguardando a capacidade de solvência da seguradora. V. tb. Tarifação Especial....

TAXA

Elemento necessário à fixação das tarifas de prêmios, cálculos de juros, reservas matemáticas, etc. A taxa é uma percentagem fixa, que se aplica a cada caso determinado, estabelecendo a importância necessária ao fim visado. V. Taxação. 1. DE ADMINISTRAÇÃO Em planos ...

TAXAÇÃO

Exprime a ação de fixar um preço, ou de estabelecer um valor. 1. ESPECIAL Aplicável à exposição a perdas altamente individualizadas, que não são baseadas nos princípios costumeiros de taxação de riscos, tais como identificação, classificação e seleção. O subscritor ...

TELEMÁTICA

Pode ser definida como a área do conhecimento humano que reúne um conjunto e o produto da adequada combinação das tecnologias associadas à eletrônica, à informática e às telecomunicações, aplicados aos sistemas de comunicação e aos sistemas embarcados. Caracteriza-se ...

TEMPORARY LIFE ANNUITY

V. Renda.

TENDÊNCIA DOS NEGÓCIOS

No ramo Lucros Cessantes, fatores a serem levados em conta ao estabelecer o resultado que seria alcançado durante o período indenitário, caso não houvesse ocorrido o sinistro. V. Seguro de Lucros Cessantes.

TEORIA DO RISCO

Processo que tem por finalidade produzir análises matemáticas das flutuações aleatórias dos negócios de seguros e pôr em discussão os meios de proteção contra seus efeitos desfavoráveis. Também, em outra acepção, a substituição, no seguro, do conceito de culpa pelo co...

TEORIA DO RISCO COLETIVO (TRC)

É uma técnica que nos permite obter a solução de problemas complexos do mercado segurador: tarifação de riscos, determinação de limites técnicos, margem de solvência e capital econômico, além de provisões técnicas.

TERCEIROS

Pessoa física ou jurídica, estranha ao contrato de seguro e que não tenha relação de parentesco com o segurado e nenhum tipo de relacionamento ou dependência econômico-financeira com ele, que, em função de relação indireta, pode aparecer como reclamante de indenização...

TERM INSURANCE

V. Seguro Vida Temporário.

TERMINAL RESERVE

Provisão matemática da apólice de Seguro Vida ao fim do período de 1 (um) ano.

TÉRMINO DA VIGÊNCIA

Data final para ocorrência de riscos previstos numa apólice de seguros.

TIME CHARTER

Contrato para o uso do navio por determinado período de tempo. O afretamento é pago ao navio transportador com base no tempo e na suposição de que, durante o tempo pelo qual o pagamento é feito, o navio estará em total condição de operação. O contrato contém, todavia,...

TITULAR

Segurado principal que contratou o seguro, plano de previdência ou título de capitalização. É o segurado que responde legalmente pelo contrato de seguro.

TÍTULO A

V. Seguro Habitacional do Sistema Financeiro da Habitação, Seguro Habitacional fora do Sistema Financeiro da Habitação.

TÍTULO B

V. Seguro Habitacional do Sistema Financeiro da Habitação, Seguro Habitacional Fora do Sistema Financeiro da Habitação.

TÍTULOS DE CAPITALIZAÇÃO

Certificados emitidos pelas sociedades de capitalização em favor dos respectivos tomadores. Há quatro tipos de modalidade de produtos. a) COMPRA PROGRAMADA O Título de Capitalização em que a sociedade de capitalização garante ao titular, ao final da vigência, o rece...

TOMADOR

No Seguro Garantia, empresa contratada para executar obras, prestar serviços ou fornecer equipamentos/produtos e que contrata (toma) o seguro. A nomenclatura foi adotada no Brasil, por ser aquela utilizada no mercado português e, portanto, assimilável pelo mercado int...

TONTINA

Sistema idealizado em 1653 pelo napolitano Lorenzo Tonti, à época a serviço do cardeal Mazarino, primeiro-ministro do rei de França, Luis XIV. O plano original consistia de um empréstimo feito à Coroa, remunerado por uma taxa anual de juro, de antemão fixada. Os subsc...

TR

É a Taxa Referencial fixada e publicada pelo Banco Central do Brasil, para atualização monetária aplicável às cadernetas de poupança.

TRANSFERÊNCIA

Em seguro de pessoas, movimentação de plano ou conjunto de planos, com cobertura por sobrevivência, incluindo os titulares e assistidos, assim como as reservas, as provisões, os fundos e os ativos garantidores correspondentes.

TRANSIT INSURANCE

Seguro incluído no ramo Transportes Marítimos Nacionais. Protege o segurado contra a perda da propriedade embarcada. A apólice pode ser contratada para um único embarque, para uma família em mudança, ou pode ser TSIB.