Comunicação não é o que se diz, mas o que se entende

Voltar
A+
A-

21 de setembro de 2017

Bom orador é o que se convence a si mesmo antes do convencer o auditório.” Carlos Drumond de Andrade
As corporações do mundo globalizado demandam, cada vez mais, executivos poliglotas. Neste contexto, porém, expressar-se adequadamente na língua natal, causar uma boa impressão, alcançar novos negócios e parceiros é cada vez mais importante. O mercado necessita de uma comunicação mais clara que cause um impacto social, que repercuta nas relações interpessoais e favoreça o desempenho social e profissional.

Palestrante

Priscilla Toledo
Mestre em Linguistica pela Universidade de Campinas-SP (UNICAMP); graduada em Letras Vernáculas e Literatura Brasileiro-Portuguesa pela Universidade Católica de Salvador/BA, Especializada em Aquisição de Linguagem pela USP e Leitura e Produção de textos pela UNITAU (Universidade de Taubaté/SP). No exterior, especializou-se em Língua Alemã pela Universidade de Münster - Alemanha, tornando-se professora, tradutora e revisora de textos em português e alemão para Livrarias Internacionais.

Outros Eventos