18° CONGRESSO DOS CORRETORES: ÉTICA É DEBATIDA PELO MINISTRO AYRES BRITTO

Voltar
A+
A-

Por Coordenadoria de Comunicação Social   |   17 de Outubro de 2013

A ética nas relações humanas, pessoais e profissionais foi debatida na tarde desta quinta-feira, 17 de outubro, durante o 18° Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros, com a participação do jurista e ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ayres Britto.

Segundo Britto, a ética não é um valor ultrapassado. Pelo contrário, à medida que o tempo passa, as pessoas ficam mais intolerantes à falta dela. Para ele, é fundamental manter a ética nas relações. "Se você quer ser inteligente, seja moral, honesto e íntegro", disse o jurista.

A diferença entre ética e moral foi explicada pelo ministro, para quem a ética consiste em um estudo sobre a realidade. Já a moral seriam regras de comportamento (bons costumes), que visam a realização de valores, cujo objetivo é elevar a autoestima do indivíduo e da sociedade.

O jurista também propôs uma reflexão sobre os três pilares para o sucesso, que segundo ele são o entusiasmo, envolvimento e gosto com o que se faz.

Outras Notícias