18º CONGRESSO DOS CORRETORES: RIO PRECISA DA PARCERIA DOS CORRETORES

Voltar
A+
A-

Por Coordenadoria de Comunicação Social   |   16 de Outubro de 2013

“Apesar de viver um momento de turbulência, o Rio de Janeiro cresce o dobro da economia brasileira”. Foi com essa afirmação que o vice-governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, iniciou o seu pronunciamento na cerimônia de abertura do 18º Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros.

A instalação das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) em comunidades de todo o estado foi destacada por Pezão. “Através das UPPs, o estado está fazendo um imenso esforço para libertar territórios, que passam a ser áreas nobres. Há casos em que a valorização imobiliária chegou a 400%”, revelou.

O vice-governador lembrou a participação do mercado de seguros nas grandes obras que vêm sendo realizadas em todo o estado, que somam R$ 21 bilhões de investimentos em infraestrutura.

“Destaco a ampliação do metrô até a Barra da Tijuca, as reformas estruturantes em grandes hospitais e a despoluição da Baía de Guanabara, tudo isso tem muito a ver com o mercado de seguros. O Rio de Janeiro precisa da parceria dos corretores de seguros”, declarou.

Outras Notícias