19º CONGRESSO DOS CORRETORES: HÁBITOS SAUDÁVEIS PODEM TER IMPACTO NOS PLANOS DE SAÚDE

Voltar
A+
A-

Por Coordenadoria de Comunicação Social   |   10 de Outubro de 2015

“No Japão, o reajuste dos planos de saúde é feito através da medição abdominal. Se ela diminuir, há um desconto para o beneficiário. Se aumentar, o custo é maior”. O exemplo foi utilizado pelo especialista em treinamento de alto rendimento e nutrição, Marcio Atalla, ao abordar as implicações da adoção de hábitos saudáveis no mercado de seguros, no último painel do segundo dia de Congresso.

“O Brasil é o campeão pan-americano de sedentarismo. Em cada cinco crianças, quatro não praticam atividades físicas. É por isso que, hoje, existem crianças com doenças de adultos. Segundo a Organização Mundial da Saúde, a geração na faixa etária de cinco a nove anos poderá, pela primeira vez, viver cinco anos a menos que os pais”, alertou o especialista.

Para evitar esse desfecho, Atalla orientou os congressistas a praticarem atividades físicas regulares, mesmo com pouca duração, consumir alimentos in natura, com menos sódio e mais fibra, e a dormir de seis a nove horas por dia. “A medicina permite que vivamos cada vez mais, mas ao criar e manter esses hábitos saudáveis, viveremos também com mais autonomia”, finalizou.

#NotíciasDoCongresso: Você acompanha tudo o que acontece no 19º Congresso dos Corretores de Seguros em nosso Facebook, Twitter e Instagram.

Outras Notícias