Blumenau recebe o programa Se Essa Rua Fosse Minha

Voltar
A+
A-

Por Coordenadoria de Comunicação Social   |   14 de Março de 2017

No dia 2 de março, a Escola Nacional de Seguros lançou o programa de responsabilidade social Se Essa Rua Fosse Minha em Blumenau (SC), em parceria com a Prefeitura de Blumenau e a Editora Fama. Voltado para alunos do ensino fundamental de escolas municipais e estaduais, o projeto visa promover o respeito às normas e a conscientização sobre o comportamento seguro no trânsito.

Ao longo do ano, instituições de ensino da rede pública receberão a doação de material didático sobre cidadania e segurança viária, que beneficiará 28 mil estudantes de 50 escolas. Kits serão distribuídos gratuitamente contendo livros, gibis e outros recursos.

Blumenau será a única cidade beneficiada pelo projeto em 2017. A escolha se deu devido à grande ocorrência de acidentes de trânsito no município, o terceiro do estado de Santa Catarina em número de registros. Em 2016, foram 2.831 acidentes de trânsito na cidade, resultando em 1.708 pessoas feridas e 21 mortes.

Durante o evento de lançamento, a superintendente de Comunicação e Marketing da Escola, Carla Pieroni, destacou que a imprudência e o desrespeito às leis de trânsito são as principais causas de acidentes nas vias brasileiras.

Por essa razão, a Escola vem investindo em ações educativas que contribuem para a mudança de hábitos. “Com o Se Essa Rua Fosse Minha conseguimos conscientizar as crianças sobre o assunto e, dessa forma, atingimos toda a família, formando cidadãos inclinados a adotar um comportamento mais responsável em relação ao trânsito”, explica.

Apoio de lideranças

A cerimônia também contou com a presença do prefeito da cidade, Napoleão Bernardes, que destacou que o trânsito é uma responsabilidade de todos e cada cidadão tem papel estratégico nessa conscientização. "Blumenau é uma das cidades com maior índice de veículos por habitante. Por isso, tudo que puder ser feito no sentido de prevenção aos acidentes de é importante".

Segundo a secretária de Educação de Blumenau, Patrícia Lueders, o projeto aborda o trânsito de maneira interdisciplinar e dá autonomia para os representantes das escolas o adequarem às suas realidades. "Ele será aplicado de forma integral, alcançando não apenas os alunos, mas suas famílias e a comunidade escolar", ressaltou.

Também estiveram presentes na cerimônia o membro do Conselho de Administração da Escola, Claudio Simão, o presidente do Sincor-SC, Auri Bertelli, e o vice-presidente do Sindseg-SC, Sidnei André.

Após a solenidade de abertura, os gestores escolares assistiram a uma palestra de sensibilização sobre o tema. Eles passarão por capacitações para trabalhar com o material fornecido pela Escola, tornando-se disseminadores do conteúdo. O projeto será aplicado em sala de aula durante todo o ano letivo, até novembro, com a socialização dos trabalhos desenvolvidos.

Desde quando foi criado, em 2010, o Se Essa Rua Fosse Minha já beneficiou mais de 228 mil alunos de 1.046 escolas de seis estados brasileiros: São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. O programa já capacitou 5.200 professores como disseminadores.

Outras Notícias