Carro sem motorista e o mercado de seguros

Voltar
A+
A-

Por Coordenadoria de Comunicação Social   |   24 de Abril de 2015

Segundo dados do Information Insurance Institute (III), a partir de 2030 espera-se que os automóveis autônomos – ou sem motorista, como estão sendo popularmente chamados – estejam circulando em todo o mundo.

Os impactos que esses veículos irão trazer para o mercado de seguros, especialmente na carteira de seguro de automóveis, estão esmiuçados no mais recente artigo publicado no portal Tudo Sobre Seguros (www.tudosobreseguros.org.br).

De acordo com o texto, a utilização de novas tecnologias pode ter consequências significativas sobre o volume de negócios, preços e lucros de seguradoras e empresas de autopeças. Essas últimas, inclusive, já demonstram preocupação com relação à queda da demanda por reparos em razão da redução no número de acidentes, que deve ocorrer com os novos carros em circulação.

O artigo também cita os efeitos sobre a cobertura de responsabilidade civil, que precisará ter o foco alterado, o processo de subscrição, no qual outros critérios deverão assumir maior importância, e a vulnerabilidade dos carros a ações criminosas, como, por exemplo, de hackers.

O artigo completo pode ser lido no link acima.

Outras Notícias