Fórum reuniu escolas de seguros ibero-americanas

Voltar
A+
A-

Por Coordenadoria de Comunicação Social   |   6 de Novembro de 2015

A Escola Nacional de Seguros e a Escuela de Seguros de Chile realizaram, no dia 26 de outubro, o 1º Fórum Ibero-Americano de Educação e Capacitação em Seguros, em Santiago, no Chile. O encontro reuniu dirigentes de escolas de seguros de sete países e integrou a programação da 35ª Conferência Hemisférica de Seguros, organizada pela Federação Interamericana de Empresas de Seguros (Fides), entre 25 e 28 de outubro.

“Pela primeira vez, nós, representantes das escolas de seguros da América Latina, temos a oportunidade de nos conhecer e debater sobre atividades em comum. Consideramos esse fórum um primeiro passo, um avanço, que seguramente vai contribuir com o desenvolvimento de nossos profissionais e de nossos mercados”, destacou Renato Campos, diretor executivo da Escola, durante a cerimônia de abertura.

O evento contou com apresentações sobre as atividades desenvolvidas pelas escolas da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, El Salvador e Peru. Também houve mesa-redonda sobre boas práticas e principais demandas de cada mercado, da qual participaram a diretora de Ensino Técnico da Escola, Maria Helena Monteiro, o diretor Acadêmico da Escuela de Capacitación Aseguradora da Argentina, Pedro Zournadjian, o diretor geral da Escuela de Seguros de Chile, Leonardo Jiménez Evans, e o professor do Instituto Nacional de Seguros da Colômbia, José Fernando Zarta Arizabaleta.

Ao final dos debates, foi assinado protocolo de cooperação que prevê a realização de encontro anual das escolas de seguros dos países membros da Fides, a ser inserido na agenda da Federação e cujo objetivo será analisar possibilidades de parceria, colaboração e, consequentemente, de aperfeiçoamento dos profissionais de seguros e desenvolvimento de seus respectivos mercados. O projeto contou com o apoio do então presidente da Fides, Marco Antonio Rossi, e da nova titular do cargo, Pilar Gonzalez de Frutos.

Para a diretora de Ensino Técnico da Escola, Maria Helena Monteiro, a iniciativa irá gerar soluções para questões atuais relacionadas à educação. “O seguro está cada vez mais complexo, com aspectos que nem imaginávamos alguns anos atrás, e ajuda muito que outras escolas estejam também pensando nisso, de forma a trocarmos idéias e nos anteciparmos às necessidades do setor”. Veja aqui as fotos.

Outras Notícias