Livro narra história da previdência no Brasil

Voltar
A+
A-

Por Coordenadoria de Comunicação Social   |   11 de Dezembro de 2014

“Itinerários da Primeira Previdência Privada no Brasil - De uma Iniciativa Eclesial (1864) à Consolidação de uma Entidade Aberta de Previdência Complementar, sem Fins Lucrativos (1993)” é o mais novo livro da série Cadernos de Seguro - Teses, publicada pela Escola.

O autor Everson Oppermann, presidente da Câmara de Comércio Brasil-Alemanha do Rio Grande do Sul, conta a história das iniciativas previdenciárias empregadas pela Igreja Evangélica de Confissão Luterana, no período entre a chegada de pastores alemães ao Brasil, em 1864, e a fundação da Luterprev, última entidade aberta de previdência privada sem fins lucrativos a ser autorizada a funcionar no País, em 1993.

“Num contexto maior, esta também pode ser, dentre tantas, uma história representativa da previdência privada no Brasil de outras e várias organizações semelhantes, quer sejam ligadas a outras igrejas, quer sejam vinculadas a outras classes de trabalhadores, que continuam anônimas por esse Brasil afora”, explica o autor.

Enriquecem a pesquisa - fruto do trabalho de mestrado de Oppermann - a contextualização da história e da conjuntura das épocas analisadas e a apresentação das vantagens e desvantagens dos modelos organizacionais escolhidos em cada tempo. O autor aponta, ainda, os desafios do setor para os próximos 25 anos.

O livro custa R$ 30,00 e pode ser adquirido através do e-mail vendas@funenseg.org.br. Mais informações sobre esse e outros livros publicados pela Escola podem ser encontradas no www.funenseg.org.br/publicacoes.

Outras Notícias