Novo Código de Processo Civil foi tema de jornada

Voltar
A+
A-

Por Coordenadoria de Comunicação Social   |   5 de Outubro de 2015

A Escola realizou, em parceria com a FenaSaúde, a “Jornada sobre o Novo Código de Processo Civil (CPC) e seus Impactos na Saúde Suplementar”, entre 3 e 31 de agosto, no Rio de Janeiro (RJ), e entre 1º e 29 de setembro, em São Paulo (SP). O evento, fechado para profissionais da área jurídica das empresas associadas à Federação, teve como objetivo explicar os impactos do novo CPC, que entrará em vigor em 2016, sobre a saúde suplementar.

A Jornada foi composta por quatro palestras. A primeira, “Instrução e julgamento”, foi ministrada pelo advogado Henrique Ávila, do escritório Sergio Bermudes Advogados, na capital fluminense, e pelo sócio-diretor do escritório Queiroz Cavalcanti Advocacia, Carlos Harten, na paulista. Já “Tutelas de urgência e de evidência e procedimento cautelar” foi apresentada, nas duas cidades, por Luiz Henrique Leite, do escritório Rosman, Penalva, Souza Leão e Franco Advogados.

Completaram a programação “Recursos (incidente de resolução das demandas repetitivas)”, conduzida por Gianvito Ardito, advogado do escritório Rosman, Penalva, Souza Leão e Franco Advogados, e “Execução (desconsideração da personalidade jurídica)”, ministrada por Henrique Ávila, em São Paulo, e por Antonio Carlos Marcato, do escritório Marcato Advogados, no Rio de Janeiro.

O evento foi encerrado com debate sobre temas polêmicos e análises de casos frente ao novo CPC. A apresentação coube a André Tavares, do escritório Sergio Bermudes Advogados, em ambas as capitais.

Outras Notícias