Profissão de corretor possibilita independência e estabilidade financeira

Voltar
A+
A-

Por Coordenadoria de Comunicação Social   |   18 de Janeiro de 2017

Empreender, montar o próprio negócio e conquistar independência financeira. Esses são objetivos de milhares de brasileiros que buscam um modelo autônomo de gestão da carreira. Um deles é Fabrício Batista Generoso, que atua como corretor de seguros desde julho de 2015.

Fabrício está no mercado de seguros há 10 anos e hoje é dono de uma corretora. Ele destaca vantagens do setor e da profissão. “Optei por essa área porque sempre tenho trabalho e não dependo de ninguém. Isso não tem preço. Respondo por mim, tenho o ônus e o bônus de tudo que faço, e fico satisfeito financeiramente. Sem dúvida, é um segmento muito interessante”.

Para se tornar corretor de seguros, o empresário fez o curso presencial ministrado pela Escola Nacional de Seguros, o qual considera imprescindível para o exercício da profissão. "O curso foi importante porque ensina tópicos essenciais sobre a operação, com o devido embasamento. Isso você não tem na prática, por mais que já conheça a área”, recomenda.

No momento, a Escola está com inscrições abertas para o Curso de Capitalização, primeiro da grade completa do Programa para Habilitação de Corretores de Seguros. A oferta chega a 62 localidades, de todas as regiões do País.

Primeiro curso em março

No ano passado, o curso registrou aumento de 24% no número de novos alunos. A expectativa é que a procura continue aquecida para este ano. Em algumas localidades, como Nova Iguaçu (RJ), as vagas se esgotaram com menos de uma semana de inscrições.

As aulas terão início em março e a duração é de cerca de um mês e meio. Os aprovados poderão dar sequência aos estudos e fazer o curso de Vida e Previdência, e, em um terceiro momento, o de Demais Ramos, abrangendo assim todos os campos de atuação.

Os valores variam de acordo com a localidade e as inscrições podem ser feitas no endereço sercorretor.com.br. Alunos que se matricularem até 31 de janeiro recebem desconto de 5% no valor do curso.

Vale lembrar que a Escola Nacional de Seguros é a única instituição no Brasil credenciada para ministrar cursos e exames para formação profissional de corretores de seguros. Ao final do programa, o aluno aprovado recebe certificado que permite obter o registro junto à Superintendência de Seguros Privados (Susep).

Outras Notícias